quinta-feira, 31 de março de 2011

Link Legal!!!

Amigas, estava navegando pela net e durante uma visita a um blog amigo li este post e achei a cara das brasileiras (comigo). Ele dá excelente dicas para mulheres baixas (alôooo... meu 1,63 camuflado de 1,65). Quem tiver um tempinho visite o site do Oficina de Estilo - http://www.oficinadeestilo.com.br/blog/. Lá encontramos dicas muito valiosas. Vamos lá:

POST DEFINITIVO PARA BAIXINHAS

Lady Gaga só tem 1,55m. Cléo Pires e Carolina Dieckmann só têm 1.60m e Sarah Jessica Parker acopla toda aquela montação nos seus modestos 1,63m. Ou seja: pare de reparar que o seu torso corresponde a 2/4 da perna da Ana Hickmann e anota aí o que esse povo faz pra parecer tão mais alto do que é!
O segredo da coisa não é tentar parecer mais magro ou mais alto, e sim mais longilíneo. Os melhores aliados para isso são:

- Combinações de cor monocromáticas: Isso não significa sair por aí vestindo a mesma cor dos pés à cabeça, basta coordenar peças no mesmo tom: ou tudo claro ou tudo escuro.
A ideia é evitar cortes bruscos de cor que acabam criando uma linha vertical que achata a silhueta. Tipo quando a pessoa usa calça preta e camiseta branca, sabe? Aquela linha formada na cintura é bastante encolhedora.
- Comprimentos mini: Quanto mais centímetros quadrados de pele a gente deixa amostra, mais altas parecemos. Por isso que short, saia e vestidinho curto são legais para quem é baixinha.
Se não der pra fazer aloka e usar mini o tempo todo – alô frio, alô dresscode profissional, alô senso de decência -, prefira as peças que não ficam no meio do caminho, como bermudas e saias midi. O ideal é manter a peça de baixo ou acima do joelho ou abaixo do tornozelo.
- Pés de fora: Quanto mais alta for a gáspea do sapato – aquela parte da frente que cobre os dedos – mais encolhedor ele é. Tênis, oxford e bota, por exemplo, são mais encolhedores que sapatilha e rasteirinha. Isso porque o pedacinho de pé que fica de fora é visualmente incorporado à perna (loucura louca isso, né?), fazendo a malandra usuária desse tipo de sapato parecer mais elevada espiritualmente.

- Acessórios proporcionais ao seu corpo: Não é que baixinha tenha que usar apenas aqueles colarzinhos de criança, mas é que o grande de uma é diferente do grande da outra. Ou seja: a maxi-bolsa e o maxi-colar de quem tem 1,50m precisam ser menos maxi que o de quem tem 1,80m para não ficar desproporcional, criando o temido efeito anão de jardim ou “peguei isso aqui emprestado da minha mãe”.
COMO USAR PEÇAS ACHATADORAS SEM FAZER FIGURAÇÃO NA BRANCA DE NEVE
Ok, essas são as dicas principais. Usando isso, você certamente parecerá mais alta do que é. Acontece que a gente não é robô e tem vontade de usar um monte de coisa que não necessariamente é o ideal para o nosso corpo.
Como proceder? Harmonizando o conjunto e praticando redução de danos no efeito final!
Fizemos uma lista de peças super em alta e ensinamos a melhor forma de serem usadas por baixinhas:
- Saia longa: A saia longa não encurta tanto quanto a midi porque esconde a perna inteira, cumprindo aquela nossa dica de evitar comprimentos intermediários entre os joelhos e o tornozelo.
Acontece que, a depender do modelo, a saia pode se virar contra as mais baixas. Para isso não acontecer, prefira as que têm um tecido mais pesado e são em formato de A.
Uma truque que as gêmeas Olsen – que também são baixinhas – praticam o tempo todo é usar saia longa escondendo um mega saltão. Como o sapato fica coberto, a estratégia foge do óbvio “vou usar salto e ficar maior”.
- Calça curta: A calça dobrada no tornozelo ou simplesmente mais curta está super na moda, mas fica justamente onde a gente não queria: no meio termo. Para usar sem se achatar demais, experimente fazer um look monocromático ou tom sobre tom e escolher um modelo com a boca mais aberta e a modelagem mais retinha. Modelagens tipo cigarrete não ajudam nesses casos.
Usar com salto ou com sapato de gáspea baixa ajuda bastante a balancear o encolhimento da calça.
- Bota de cano alto: Bota de cano alto encurta que é uma beleza, mas, ironicamente, quase toda baixinha ama. A gente pode tentar reverter o achatamento causado pela bota chamando atenção para a parte de cima do corpo com uma blusa detalhada e acessórios chamativos.
Usar a bota com roupas de comprimento curto e meia calça também ajuda. Já a fórmula bota por fora da calça é a mais traiçoeira com as baixinhas e com as gordinhas.
Quando for escolher uma bota de cano alto, preste atenção na altura. Três dedos abaixo do joelho é um bom comprimento.
- Bota curta e sapatinhos tipo oxford: Esse tipo de sapato tem a gáspea alta e, portanto, faz a perna parecer menor. Para rebater o efeito, você pode subir o comprimento da roupa, compensando a falta de pele amostra nos pés ou usar com meia calça do tom do sapato. Se for usar sem meia, experimente procurar um modelo de uma cor próxima a da sua pele.
Gostaram das dicas? Agora, já sabe: quando alguém te chamar de baixa pegue seus belos drinks e responda: “meu bem, eu não sou baixa, é o meu short que não é curto o suficiente”.

Um comentário:

  1. hahaha

    adorei o post!!!!

    vou seguir alguns conselhos, kkkkkkkkkkkkkkk

    amei mesmo!

    ResponderExcluir